Pavimentação À vista

Obra vai contemplar mais de 60 km da BR-367 no Vale do Jequitinhonha. Lançamento da pedra fundamental ocorreu no fim do ano passado, em Jacinto.

Estradas / 22 de Fevereiro de 2021 / 0 Comentários
A- A A+

Até o ano que vem, 61,6 km de extensão da BR-367 na região do Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, deverão estar, enfim, pavimentados. A pedra fundamental da obra, aguardada há mais de seis décadas, foi lançada em meados de dezembro último pelo governador Romeu Zema (Novo) e pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). O empreendimento vai custar cerca de R$ 160 milhões e receberá aportes do governo federal.

A intervenção será realizada entre Jacinto e Salto da Divisa, fazendo a ligação com Almenara. A montagem do canteiro de obras e as prospecções foram iniciadas no fim de 2020, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

“São mais de 60 anos de espera pela conclusão da BR-367. A obra é de uma importância enorme porque vai ligar a região ao Sul do Estado da Bahia e propiciar a conexão para que o transporte seja feito de forma mais ágil e segura, trazendo desenvolvimento e empregos”, afirmou Zema.

A estimativa é que a pavimentação da rodovia empregue, aproximadamente, 620 trabalhadores diretos nos setores de construção, infraestrutura, máquinas e equipamentos. Há ainda a previsão da geração de 2.200 empregos em outros segmentos econômicos, de acordo com o governo de Minas. “Os investimentos têm o potencial de gerar R$ 16 milhões em arrecadação de impostos indiretos na economia”, informou o Executivo estadual.

“Essa obra chega em boa hora. Há muito ela foi prometida e, lamentavelmente, não chegou até agora. Mas vai chegar em nosso governo”, disse Bolsonaro durante o evento.

Desenvolvimento regional

O trecho da BR-367 que vai ser pavimentado é um importante corredor turístico e de cargas, principalmente de eucalipto, que é cultivado em território mineiro e transportado para fábricas de celulose instaladas no Estado baiano.

A cerimônia de lançamento da pedra fundamental da obra, realizada em Jacinto, também contou com a presença do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas; do secretário de Estado de Governo, Igor Eto; do secretário de Estado de Infraestrutura e Mobilidade, Fernando Marcato; do secretário-adjunto de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio; do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno; do diretor-geral do Dnit, general Santos Filho; e de parlamentares mineiros e prefeitos locais.

Na ocasião, o ministro da Infraestrutura anunciou outras duas obras previstas para serem realizadas na região neste ano: a ponte do Jequitinhonha, na BR-116; e a pavimentação da BR-135 entre Manga e Itacarambi, trecho que será federalizado. (Com a Agência Minas)

 

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de Revista Entrevias. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Revista Entrevias poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.