Conclusão de duplicação da BR-101 traz mudanças para motoristas e pedestres em SC

29 de Abril de 2014 / 0 Comentários
A- A A+

Com toda a duplicação de pistas e construção de obras de artes especiais (OAEs) concluídas, a BR-101 Sul catarinense, entre Araranguá a Sombrio, apresenta mudanças no trânsito de veículos e pedestres. Além do novo traçado, a rodovia federal tem vias laterais construídas para viabilizar a movimentação entre bairros e equipamentos de travessia segura para pedestres.

A maior mudança está na duplicação de pistas. O trânsito, que anteriormente era em mão dupla sobre duas faixas de rolagem, agora flui em quatro faixas, duas para cada sentido. A construção de viadutos possibilita o acesso a aglomerados urbanos lindeiros à rodovia, retorno de tráfego e travessia de pedestres sem a interferência na circulação do tráfego de longo percurso da rodovia.

A velocidade limite passou de 80 km/h para 110 km/h (veículos pequenos) e 90 km/h (veículos de grande porte), requerendo atenção redobrada de todos que têm a BR-101 Sul como cenário cotidiano.

Os motoristas devem ficar atentos principalmente aos novos acessos a bairros lindeiros da rodovia, pois com a implantação de vias laterais, a circulação local de veículos ficou maior. Novas ruas foram criadas, ligando propriedades, residências, entrepostos comerciais, indústrias e postos de combustíveis.

Com a construção das defensas de concreto, a mudança no trecho da BR-101 Sul no lote 29 também afeta o cotidiano dos pedestres. Agora, a travessia de pistas deve ser feita por uma das dez passagens inferiores para pedestres, construídas no Contorno de Araranguá, no km 412, km 412,5, km 413, km 416,4.

No bairro Polícia Rodoviária, em Araranguá há uma galeria construída no km 417, km 420,1 (viaduto de acesso à Praia da Caçamba), km 424, km 432 (Guarita), km 432,7, km 435,9 (Januária, em Sombrio). Três passarelas estão em construção (km 417 e km 421, em Araranguá e no km 436, em Sombrio), onde toda a estrutura está montada, aguardando a instalação dos guarda corpos.

Os usuários e moradores lindeiros da BR-101 Sul, entre Araranguá e Sombrio devem redobrar os cuidados por causa dos trabalhos complementares na BR-101 Sul, entre o km 409 ao km 437. O consórcio de empresas responsável pela duplicação no lote 29 concentra serviços complementares em taludes, sistemas de drenagem e melhoria de pavimento, nos segmentos utilizados anteriormente como desvios laterais. Há grande circulação de equipamentos e trabalhadores pelas vias lindeiras. Os serviços são temporários, porém, alteram o fluxo de automóveis, e os motoristas devem seguir a sinalização provisória.

Os pedestres devem utilizar os passeios públicos (calçadas) construídos ao longo das vias para transitar entre os aglomerados urbanos. A circulação pelos espaços já construídos separa o tráfego de veículos de quem anda a pé, garantindo a segurança de ambos. Nos locais onde os passeios ainda não foram construídos, o pedestre deve caminhar pelo bordo da pista. Em locais em que há trabalhos complementares deve-se ficar distante dos equipamentos.

 

Fonte: ASSESSORIA DE IMPRENSA – DNIT

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de Revista Entrevias. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Revista Entrevias poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.