Iveco é pioneira no Programa de Renovação de Frota

02 de Abril de 2014 / 0 Comentários
A- A A+

É da Iveco a primeira venda realizada por meio do Programa  de Renovação de Frota de  Minas Gerais. A estreia da fabricante na iniciativa se deu por meio da comercialização de  um Stralis com 440 cavalos de potência, negociado pela DevaVeículos, de Belo Horizonte,  para a Waldir Transportes, também da capital mineira. O programa estadual tem por  objetivo fomentar a aquisição de caminhões novos e isenta o comprador, pessoa física ou  jurídica, do pagamento de IPVA por dez anos.

“A renovação  da frota beneficia transportadores, meio ambiente e sociedade, oferecendo  maior segurança e fluidez no trânsito. Para a Iveco, é um grande privilégio dar o  pontapé inicial dessa iniciativa em Minas Gerais, o Estado em que a empresa investe  constantemente desde sua chegada ao Brasil, em 1997”, comenta Alcides Cavalcanti,  diretor comercial da Iveco. “Mostramos que confiamos neste programa e reconhecemos a  importância da iniciativa. Com isso, aproveitamos e saímos na frente”, comemora o diretor- geral do Grupo Deva, Robinson Romanholli.

Estradeiro em sua essência, o primeiro Iveco Stralis negociado por meio do programa será  utilizado para o transporte de longa distância, levando diariamente cargas de porcelanato  da região de Florianópolis, em Santa Catarina, para a capital mineira.

Segundo o governo mineiro, circulam no Estado cerca de 94 mil veículos com mais de 30  anos. A expectativa é de renovação de 10% a 15% dessa frota a cada ano. “A Iveco tem  uma linha completa de soluções, que começam nos semileves e vão aos extrapesados.  São veículos que atendem em cheio às expectativas do governo, pois são modernos,  confiáveis e utilizam tecnologias que permitem um consumo reduzido de combustível, o  que resulta na emissão de menos gases na atmosfera”, conclui Alcides.

Atendimento ao cliente

Romanholli explica que toda sua equipe está treinada para orientar os clientes com relação  às regras do Programa de Renovação de Frota: o caminhoneiro ou frotista proprietário  de um veículo com 30 anos ou mais, registrado em Minas Gerais, deve levá-lo ao  Departamento Estadual de Trânsito (Detran/MG) para baixa e entrega a uma recicladora  conveniada. Em troca, receberá um Certificado Verde que será utilizado na aquisição de  um veículo novo ou com até dez anos de uso. O Certificado Verde é a garantia da isenção  de IPVA por dez anos.

“As regras do Finame e CDC são as mesmas, portanto o diferencial para fechar as vendas  por este Programa está na qualidade dos produtos Iveco e no nosso atendimento, que  trata o cliente como rei”, garante Romanholli.

 

Fonte: Iveco

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de Revista Entrevias. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Revista Entrevias poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.