Os Ipês Amarelos e Rosas que colorem as ruas de BH foram plantados por um Agronomo chamado Sebastião Ferreira...

29 de Setembro de 2014 / 0 Comentários
A- A A+

 

POR José Aparecido Ribeiro*

 

A primavera começou oficialmente no sábado 22/09 às 17:44hs, mas  em várias partes da cidade era possível mesmo antes do inicio da estação das flores encontrar pessoas contemplando os Ipês Amarelos e Rosas. Com o clima seco, o sol a pino e o céu azul “anil”, o contraste é um espetáculo que encanta até os menos atentos. O que a maioria dos belo-horizontinos desconhecem é o autor do plantio dos Ipês, que transformou as avenidas e ruas de BH em jardins magníficos capazes de amenizar a aridez provocada pelo caos da selva de pedras, trazendo paz para quem consegue mesmo na correria do dia a dia, apreciar a natureza.

 

O ano era 1981 e o prefeito na ocasião era o saudoso e ainda vivo Mauricio Campos. Na época existia a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, cujo secretario era o Engenheiro Afonso Damásio e o vice Lindolfo Dornas. Subordinada a esta secretaria estava o Departamento de Parques e Jardins, que tinha como diretor o Agrônomo Sebastião Ferreira, vindo da Universidade Federal de Viçosa, onde era professor. Convidado para o cargo, largou a cátedra e literalmente veio colocar a mão na massa, para a sorte de quem até hoje pode deleitar-se com os resultados do seu brilhante trabalho.

Sebastião era um apaixonado pela natureza e foi ele, com o endosso dos demais que devolveu a cidade um pouco da sua beleza. Sempre dizia para os que estavam ao seu redor que tinha um objetivo e iria cumpri-lo à risca: fazer a capital mineira voltar a ser a CIDADE JARDIM. Sua missão incluía replantar arvores nas principais ruas e avenidas e foi o que ele fez com dedicação, capricho e muito amor. A escolha da espécie não poderia ter sido mais feliz, já que os Ipês Amarelos e Rosas são perfeitos para o clima seco e quente. Este gesto merece aplausos e gratidão, uma vez que os resultados perduram e encanta as pessoas mesmo 33 anos depois.

 

José Aparecido Ribeiro

Consultor em Assuntos Urbanos / Presidente do Conselho de Política Urbana da ACMinas

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de Revista Entrevias. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. Revista Entrevias poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.